• Pro Corpore Studio Pilates

    Perceber, conhecer, respeitar e amar o próprio corpo: a equipe Pro Corpore é altamente especializada em condicionamento físico, reabilitação e conscientização corporal. Tudo isso em um ambiente tranqüilo, equipado e planejado para o seu bem-estar.

  • Mat e pilates com aparelhos

    A equipe Pro Corpore trabalha com ambas as versões oficiais do método. Além do completo estúdio de aparelhos, são ministrados treinos de mat pilates: trabalho de solo com ampla gama de acessórios como bolas, magic circle, foam roller e thera band, que confere força e grande vigor físico.

  • Treinos específicos para pessoas de todas as idades e condições variadas

    O treino é individualizado, próprio para atender homens e mulheres de todas as idades e condições variadas, desde sedentários até atletas e bailarinos; além de programas especialmente desenvolvidos para idosos e gestantes.

  • Qualidade de vida

    Os programas trazem ganhos que vão muito além do desejado vigor físico, abrangendo uma lista extensa de benefícios promotores de alta qualidade de vida. As aulas são individuais ou em duplas, propiciando uma orientação personalizada
    e com privacidade.

  • Mens sana in corpore sano

    Para a equipe Pro Corpore o aprimoramento, equilíbrio, conhecimento, consciência e harmonia são fundamentais para a promoção da saúde plena. Queremos compartilhar tudo isso com você!

24 março 2012

Pilates: essencial para bailarinos



A dança, seja ballet clássico, jazz dance, tap, entre outras modalidades, tem como caráter fundamental, bailarinos fortes, que ao mesmo tempo sejam flexíveis e leves.

O bom bailarino é aquele capaz de dar sentido ao movimento, do mais simples ao mais robusto, seja um andar ou uma sessão de piruetas múltiplas, com verdade, consciência e concentração. Para tanto, faz-se necessário treinos diários para fortificar músculos e flexibilizar as articulações, tudo isso sem deixar transparecer dor, sofrimento ou agonia na execução de sua coreografia ou série de exercícios.



O santo Pilates

Dançar é uma arte, disso ninguém tem a menor dúvida, porém, pode trazer consequências desastrosas para muitos bailarinos que extrapolam os limites do corpo. A dor e as contusões são muito comuns entre profissionais e amadores, seja por acidentes, impacto ou desgaste durante anos de prática da dança.

Dentro deste quadro, os bailarinos tem uma carreira considerada curta, pois a agilidade e a força vão perdendo-se com o tempo e com o abuso que o corpo sofre. Mesmo que o grau de consciência corporal do bailarino seja exemplar, ele está sujeito a uma série de problemas, que podem aparecer, inclusive, mesmo depois de aponsentado.

Os músculos são tonificados com o Pilates para a realização de qualquer tipo de movimento. Foto: Raça Cia. de Dança





 
O método Pilates, surgiu a fim de reabilitar sobrevivientes da segunda guerra mundial, portanto torna-se o treino ideal para bailarinos tanto amadores quanto profissionais, que desejam recuperar-se de forma mais eficiente de alguma contusão, ou mesmo manter o corpo sempre protegido de tais desgastes, evitando assim problemas mais graves.

A prevenção é melhor maneira de ter uma carreira sólida com o corpo saudável. O Pilates é capaz de gerar no aluno bailarino, o aumento da consciência corporal, controle dos movimentos alinhando força com fluidez e dar importância necessária para a respiração, que dita a velocidade dos movimentos e pode ser usada de melhor forma na interpretação da arte da dança.

O Treino

A prática do Pilates, quando realizada de forma constante é capaz de cortar pela metade o tempo de recuperacnao de uma contusão, sendo praticada em conjunto com a fisioterapia convencional.

Todos os músculos são trabalhos no Pilates, ou seja, nenhuma parte do corpo fica na zona do esquecimento e nenhum músculo é trabalhado mais do que outro, isso proporciona ao aluno maior harmonia de força e fluidez, bem como a proteção de todas as articulações, já que tanto músculos externos e internos são trabalhados a fim de manter o equilíbrio do todo.


O equilíbrio é fundamental para movimentos harmoniosos ao mesmo tempo que a força tem papel essencial unido à flexibilidade. Foto: Raça Cia de Dança









Falando em equilíbrio, essa é uma palavra constante nas aulas de dança e ensaios, pois é o equilíbrio é essencial para a arte da dança. O equilíbrio está em tudo, em todos os tipos de piruetas, caminhar, saltos, corridas, arabesques, pliés, cambrés e todos os movimentos que tornam a dança um caos de gestos em arte.

A prática do Pilates utiliza-se de equipamentos e acessórios capazes de reproduzir em um ambiente controlado e monitorado por um profissional, a qualidade e a intensidade de cada movimento realizado pelo bailarino. Movimentos esses essenciais à prática da dança.

O centro de força

O centro de força – power house – é trabalhado de forma intensa no Pilates. O centro de força nada mais é do que a região abdominal, os músculos que protegem os órgãos da região do tórax até o púbis. A conexão entre esses músculos é essencial para manter o tal do equilíbrio tão almejado por bailarinos de todo o mundo.

Mantendo a força adequada no power house, as extremidades do corpo ficam livres de tensão, trazendo a fluidez tanto exigida pelos coreógrafos mundo afora. Sem deixar de lado a concentracão em todos os movimentos que estão sendo realizados, fazendo acontecer a harmonia de todos os músculos trabalhando da forma correta. Cada qual em sua função e sem sobrecarregar uns a favor de outros, os músculos aprendem a respeitar os limites do corpo e transpassa-los cada vez mais com a prática constante, sem impactos, contusões ou dores. As articulações ficam livres e protegidas para realizar movimentos fluidos e contínuos.

A força e a flexibilidade

Muitos bailarinos caem no velho dilema de ser forte não coincidir com ser flexível, por isso no Pilates, o bailarino encontra a união dessas duas virtudes de forma harmônica. Mantendo o corpo forte, sem exageros e flexível sem contusões.

Mantendo a força adequada no power house, as extremidades do corpo ficam livres de tensão, trazendo a fluidez tanto exigida pelos coreógrafos mundo afora. Sem deixar de lado a concentracão em todos os movimentos que estão sendo realizados, fazendo acontecer a harmonia de todos os músculos trabalhando da forma correta. Cada qual em sua função e sem sobrecarregar uns a favor de outros, os músculos aprendem a respeitar os limites do corpo e transpassa-los cada vez mais com a prática constante, sem impactos, contusões ou dores. As articulações ficam livres e protegidas para realizar movimentos fluidos e contínuos.

A força e a flexibilidade

Muitos bailarinos caem no velho dilema de ser forte não coincidir com ser flexível, por isso no Pilates, o bailarino encontra a união dessas duas virtudes de forma harmônica. Mantendo o corpo forte, sem exageros e flexível sem contusões.



Fonte:  Manchetes de Campo Grande (http://manchetesdecampogrande.blogspot.com.br/2012/01/pilates-essencial-para-bailarinos.html)

22 março 2012

Pilates ou Musculação?

Fonte: internet


Hoje a preocupação com a saúde e bem-estar físico é grande, existem diversos estilos e modalidades de exercícios físicos, que muitas vezes nos deixam em dúvida do que praticar e porque praticar.

Essa dúvida ocorre frequentemente entre o Pilates e a Musculação, ambos são métodos eficazes, mas com características peculiares.

A musculação tem o objetivo primário de desenvolvimento da força e resistência muscular, através de um treinamento com variações de carga, tempo de concentração e velocidade controláveis, contribuindo para a saúde, bem-estar e melhora do perfil estético, ou seja, tônus e aumento de massa muscular.

Já o Pilates foca no alongamento muscular e fortalecimento da musculatura profunda à superficial, de forma equilibrada, melhorando a postura e definindo músculos sem hipertrofia. A concentração é exigida para executar os exercícios com precisão, havendo necessidade de interação entre o corpo e mente.

Podemos dizer que a maior vantagem do trabalho muscular desenvolvido pelo pilates sobre a musculação é a possibilidade de focar vários músculos simultaneamente com a ativação do CORE (músculos do assoalho pélvico e abdominais).

A opção de cada pessoa depende de sua personalidade e intenção, na maioria da vezes, quem procura o Pilates, não se adapta bem ao ambiente e rotina de academia, já quem deseja aumentar os músculos segue o caminho da musculação.

Pilates e musculação são atividades diferentes, mas que podem ser realizadas juntas, já que o Pilates é uma atividade que convive bem com qualquer tipo de treinamento esportivo. Para a instrutora Alice Becker, isso é plenamente possível: “O Pilates é a base para qualquer atividade física. A consciência corporal e a eficiência dos movimentos que ele promovem, podem ajudar na realização de uma musculação mais segura com resultados melhores e mais rápidos”.


Fonte: Blog Wellness Studio Pilates

19 março 2012

Pilates individualizado ou em grupo?


Fonte: Pro Corpore Studio Pilates

Uma decisão que por vezes perturba aqueles que vão iniciar a prática de Pilates está relacionada a escolher sessões individualizadas ou em grupo. A questão é simples: custo ou preferência.

É importante destacar que toda prática de Pilates deve ser orientada por um personal de forma individualizada, pois, principalmente no início, a atenção individual é o que vai garantir que os movimentos estão sendo realizados da maneira correta.

Mesmo em uma turma, que deve ser pequena, não ultrapassando três participantes, como indicam a maioria dos profissionais, a atenção individual é essencial, pois cada caso é um caso.

Nas aulas em turma, o custo pode ser reduzido, uma vez que são várias pessoas dividindo a atenção de um instrutor. Também, depende da sua preferência; há pessoas que se sentem mais à vontade em um grupo e outras com atenção individual.

O que deve ser observado é que as orientações precisam partir de um profissional habilitado, que vai saber coordenar os exercícios, especialmente quando envolvem os aparelhos.

Há diferentes tipos de Pilates hoje em dia, como o chamado Pilates Tonning, que dá ênfase ao fortalecimento muscular, à postura e ao alongamento; o Pilates Fitness, que se destina ao condicionamento físico global, incluindo fortalecimento muscular e gasto calórico, sendo ideal para quem quer perder peso; e o Pilates Rehab, que se destina àquelas pessoas com problemas nos ligamentos, nas articulações ou na coluna, que tenham feito ou estejam fazendo fisioterapia e que necessitam reforçar seu tratamento.


Fonte: Pilates RPG

14 março 2012

Diferença de Pilates no Solo e Pilates nos Aparelhos



 Foto: Pilatespaço Blogspot
Com a rápida popularização do Pilates, um método de condicionamento físico criado na Alemanha na década de 20 – têm surgido inúmeras variações dessa atividade física voltada tanto para a reabilitação quanto para o fitness. Engana-se quem pensa que o Pilates Solo – também conhecido como Mat Pilates, é uma atividade “morna”. Há quem imagine que o Pilates é apenas alongamento com educação postural e respiração… vai muito além disso.
A diferença básica entre o Pilates com aparelhos e o solo, é que no primeiro você conta com a ajuda das molas, da cama, das empunhaduras, esses recursos auxiliam a realizar certos movimentos. No Pilates Solo, você depende da força do próprio corpo para realizá-los: o centro dos movimentos, no abdome e na coluna lombar. Alguns exercícios se tornam mais pesados no Pilates Solo porque o praticante não tem a ajuda do aparelho. Além de fortalecer o corpo inteiro, trabalha-se muito com alongamento e acrescenta-se uma parte lúdica ao exercício, porque geralmente os alunos acham divertido trabalhar com a bola. E, ao mesmo tempo em que se trabalha o fortalecimento e o alongamento, exercita-se o equilíbrio. O Pilates feito no solo com acessórios, traz benefícios diversos ao corpo e a saúde em geral. O trabalho é progressivo, intenso, promove força, flexibilidade e equilíbrio. O Pilates Solo atende a diversos públicos, pois cada um vai dentro da própria limitação, e o avanço é impressionante. Normalmente as pessoas ficam surpresas com os resultados rápidos e com as mudanças no corpo na questão de estética e resposta a estímulos externos. Por isso, várias celebridades mudaram seus conceitos, adotaram o Pilates Solo e mudaram radicalmente a harmonia dos músculos e do bem estar, já que o mesmo não causa nenhum tipo de lesão nem encurtamento muscular.


Benefícios da Técnica de Pilates Solo


Você pode preservar um abdome retinho para sempre ao praticar o pilates. Seja nos aparelhos inventados por Joseph Pilates, estruturas de madeira e metal, com molas e tiras de couro, como nos movimentos feitos no chão, técnica conhecida por mat pilates, os músculos são trabalhados duplamente, ou seja, são tonificados e alongados ao mesmo tempo, mas dentro do limite de cada praticante. Os corpos treinados pelo método são fortes, alongados, flexíveis e saudáveis. A postura melhora muito e os movimentos se tornam elegantes. Tanto em aparelhos como no solo, o pilates é uma ginástica livre de impacto e que respeita a individualidade. No solo, os exercícios exigem ainda mais do praticante, que tem de controlar sozinho o seu corpo. O trabalho, porém, também pode ser facilitado com o uso de equipamentos como bolas e elásticos. Por dar ênfase à correção postural e ao bom alinhamento das articulações, o método é indicado também para o tratamento de lesões na coluna, joelhos e ombros, entre outras.
A base do método é o centro de força, composto principalmente pelos músculos do abdome, região lombar, quadris e glúteos. O centro de força permanece contraído, dando sustentação para movimentação solta das pernas e braços. A prática também mexe com as emoções. Segundo Pilates, que estudou técnicas orientais como a ioga para desenvolver seu método, o centro de força controla não só os movimentos do corpo como as emoções. A adepta fica mais centrada, nos dois sentidos, físico e mental. Outro fator que interfere no bem-estar é o controle da respiração, fundamental para manter a postura durante os exercícios. A respiração adequada também ajuda a combater o stress, pois acalma a mente e controla a agitação.
O Mat Pilates se caracteriza por proporcionar maior flexibilidade, força muscular, concentração, com exercícios feitos no solo, melhorando a qualidade de vida geral, e prevenindo lesões da coluna, artroses, dores gerais, sendo praticado por atletas, bailarinos e simpatizantes da técnica que além de todos esses benefícios ainda deixa o corpo delineado, sem exagero de massa muscular.


Fonte: Forcecia

08 março 2012

Dia Internacional das Mulheres!


M de Mulher


Seus Malabarismos Mágicos Manipulam Marionetes.
Meninas, Mães, Madres, Marquesas e Ministras.
Madalenas ou Marias.
Marinas ou Madonas.
Elas são Manhãs e Madrugadas.
Mártires e Massacradas.
Mas sempre Maravilhosas, essas Moças Melindrosas.
Mergulham em Mares e Madrepérolas, em Margaridas e Miosótis.
E são Marinheiras e Magníficas.
Mimam Mascotes.
Multiplicam Memórias e Milhares de Momentos.
Marcam suas Mudanças.
Momentâneas ou Milenares, Mudas ou Murmurantes,
Multicoloridas ou Monocromáticas, Megalomaníacas ou Modestas,
Musculosas, Maliciosas, Maquiadoras, Maquinistas,
Manicures, Maiores, Menores, Madrastas,
Madrinhas, Manhosas, Maduras, Molecas,
Melodiosas, Modernas, Magrinhas.
São Músicas, Misturas, Mármore e Minério.
Merecem Mundos e não Migalhas.
Merecem Medalhas.
São Monumentos em Movimento,
esses Milhões de Mulheres Maiúsculas.

Autor Desconhecido
Pro Corpore Studio do Corpo Ltda ME. Tecnologia do Blogger.
Ocorreu um erro neste gadget

Siga-nos através de seu e-mail!

Total de visualizações de página