• Pro Corpore Studio Pilates

    Perceber, conhecer, respeitar e amar o próprio corpo: a equipe Pro Corpore é altamente especializada em condicionamento físico, reabilitação e conscientização corporal. Tudo isso em um ambiente tranqüilo, equipado e planejado para o seu bem-estar.

  • Mat e pilates com aparelhos

    A equipe Pro Corpore trabalha com ambas as versões oficiais do método. Além do completo estúdio de aparelhos, são ministrados treinos de mat pilates: trabalho de solo com ampla gama de acessórios como bolas, magic circle, foam roller e thera band, que confere força e grande vigor físico.

  • Treinos específicos para pessoas de todas as idades e condições variadas

    O treino é individualizado, próprio para atender homens e mulheres de todas as idades e condições variadas, desde sedentários até atletas e bailarinos; além de programas especialmente desenvolvidos para idosos e gestantes.

  • Qualidade de vida

    Os programas trazem ganhos que vão muito além do desejado vigor físico, abrangendo uma lista extensa de benefícios promotores de alta qualidade de vida. As aulas são individuais ou em duplas, propiciando uma orientação personalizada
    e com privacidade.

  • Mens sana in corpore sano

    Para a equipe Pro Corpore o aprimoramento, equilíbrio, conhecimento, consciência e harmonia são fundamentais para a promoção da saúde plena. Queremos compartilhar tudo isso com você!

27 dezembro 2010

Para descansar a alma

Arranje um cantinho sossegado e uma almofada gostosa. Acenda um incenso de sândalo. Sente-se com as costas bem retas. Coloque as mãos sobre os joelhos, com as palmas para cima e balance o corpo lentamente da esquerda para a direita, de movimentos maiores a movimentos menores, como um pêndulo, até encontrar o centro de equilíbrio do corpo.
Pare aí. Inspire profundamente e solte o ar lenta e completamente pela boca. Relaxe os ombros. Inspire novamente e solte o ar pela boca. Então cerre os lábios, coloque a ponta da língua no céu da boca e respire pelas narinas. Mantenha os olhos entreabertos, apenas pousados a sua frente. Ouça todos os sons. Sinta todas as fragrâncias. Perceba o ar, a temperatura em sua pele. Você está pensando? Ou não está pensando? Verifique sua postura. Costas eretas. Cabeça como se um fio puxasse para o céu. Pernas firmes pela força da gravidade. Não julgue. Nem certo nem errado, nem bonito nem feio. Seja. Apenas sentar. Intersendo com tudo que existe. Que bom estar viva. Este instante aqui e agora é o céu e a terra. Isso é tudo. Tudo é nada.

Por Monja Coen
Fonte: http://www.monjacoen.com.br/

21 dezembro 2010

Raridade – Entrevista com Joseph Pilates


Fazendo uma Boa Figura
Collier’s The National Weekly
Por Marie Beynon Ray

Eu me encontrei com uma velha conhecida outro dia que eu não via há dois anos, e quase passei direto porque ela estava, não mais velha, mas tão mais nova. Tratamento facial, tratamento endócrino, será que se apaixonou? Nada disso. Não era o rosto que estava mais jovem – mas também não é o rosto que envelhece primeiro. É o corpo que se torna flácido e encurvado... “O que eu tenho feito”, minha amiga admitiu, “é freqüentar uma academia. Eu me vi num espelho de corpo inteiro quando esta usando menos do que um maiô – e fiquei revoltada. Resolvi então fazer algo a respeito, e fiz.” No dia anterior eu havia conversado sobre esse mesmo assunto com o Dr. Kristian Hansson, diretor de fisioterapia no Hospital de trauma e para pessoas com necessidades especiais em Nova York. Ao falar sobre deformidades como postura encurvada, ombros caídos, peito chato, abdômen protruso que surgem com a idade, ele disse: “Na juventude o corpo é largo no tórax e estreito no abdômen, mas à medida que a idade avança, ele se torna estreito no tórax e largo no abdômen. Se trabalharmos para evitar isso, o que podemos fazer através do exercício, nossos corpos levarão as linhas da juventude para a velhice. O abdômen possui músculos potentes, quatro camadas desses músculos, que atravessam o abdômen horizontalmente, verticalmente e obliquamente. Imagine só que espartilho! As mulheres que mantém esse espartilho forte e flexível como na juventude não precisam de nenhum outro. Mas quando esses músculos se tornam flácidos, todo o corpo se enverga. Podemos corrigir essas anormalidades em praticamente qualquer idade.” Eu olhei agora para o homem que tinha vindo para ver, Joseph Pilates, a prova viva da verdade dessas afirmativas. De pé ali vestido no seu calção, ele aparentava vinte e poucos anos, mas ele me assegurou ter 54 anos e eu não conseguia acreditar. Pilates criou um sistema de exercícios ainda usado pela polícia de Hamburgo; foi pintado e esculpido por inúmeros artistas famosos, e consegue fazer mais com uma mão do que muitos campeões com o corpo inteiro. “Esportes são maravilhosos para a constituição geral,” diz ele, “mas tem pouco valor para corrigir o que está errado com o corpo – e existe algo de errado com praticamente todo mundo. ‘Exercícios corretivos” são a única maneira de desenvolver um corpo bonito, forte e jovem. Os médicos concordam conosco neste aspecto. Segundo os médicos para as nossas deformidades existe uma causa e uma cura. Nossos corpos geralmente se deformam devido à má postura; e para obter a postura correta apenas uma ordem (temos a autoridade de Pilates para isso) é necessária: “contraia o abdômen.” Veja a descrição de um homem ou mulher de meia idade: Cabeça pra frente – duas ou três polegadas afastada do alinhamento com a coluna; ombros caídos, peito escavado, costas curvadas para frente notadamente na altura da cintura, abdômen protuso. Praticamente todos os defeitos do indivíduo, numa última análise, se resumem numa questão de coluna reta como é visto em crianças normais. Para corrigir a coluna o temos que fazer, basicamente, é “puxar o abdômen para dentro.” Parece simples, não é? Mas deve ser feito de uma maneira especial. Os quadris devem ser jogados para frente; o abdômen inferior contraído forçando, assim, a elevação do peito e da cabeça, sem levantar os ombros – e esta postura deve ser mantida pelo maior tempo possível. Alguns outros exercícios corretivos devem ser feitos diariamente, se você tiver qualquer interesse em ter um corpo de 20 anos aos 50 anos de idade. Aqui está um exercício recomendado por Pilates: Deite-se e tente fazer com que a extensão completa da coluna toque no chão, assim como os ombros e braços, estendidos acima da cabeça. Você não vai conseguir, mas o que conta é tentar. Com os braços estendidos acima da cabeça, levante o tronco l-e-n-t-a-m-e-n-t-e, mantendo as pernas no chão e os joelhos retos.À medida que levanta, os braços descem lentamente para formar ângulos retos com o tronco, dedos dos pés apontados para frente e o queixo desce para encostar no peito. Agora, sentado e ainda com as pernas retas, tente tocar os dedos dos pés com os dedos das mãos. Continue tentando. Eventualmente você deve conseguir tocar os pulsos nos dedos dos pés e a testa nos joelhos. Agora vá para trás lentamente, queixo para baixo, braços levantando. A coisa toda constitui um movimento de rolamento – e não irá corrigir apenas a postura incorreta das costas, como também do abdômen e cabeça. Pilates recomenda que nenhum exercício deve ser realizado sem a liberação de um médico. Problemas cardíacos, hérnia, etc., podem desaconselhar alguns exercícios. De qualquer modo, por mais que os exercícios corretivos possam fazer por você, seus hábitos diários de andar, respirar, sentar e ficar de pé podem fazer ainda mais. “Digamos que você esteja no cinema, ou no escritório – ou na máquina de escrever na mesa da sala – tudo o que precisa fazer é sentar o mais para trás possível na cadeira, pés apoiados no chão, joelhos dobrados em ângulos retos e repetir frequentemente para si mesmo: ‘Contraia o abdômen,’ e faça mantendo pelo maior tempo possível. Ou está andando pela rua, olhando vitrines. Pare para olhar uma vitrine, não para reduzir sua resistência à tentação de comprar, mas para observar sua postura refletida no vidro. Na maioria dos casos a postura não estará correta de uma vitrine para a próxima. Mas corrija todas as vezes – contraindo o abdômen e mantendo a contração pelo maior tempo possível. Conte seu tempo. Serão apenas alguns segundo no início, mas mantenha a contração por algumas contagens a mais cada vez até conseguir contar até cem. Com cada esforço os músculos se tornarão mais fortes e ‘crescer’ se tornará um hábito. “Você está esperando o ônibus. Esse tempo não precisa ser desperdiçado. Você pode fazer seus exercícios sem atrair a atenção da polícia. A maioria das mulheres fica de pé sustentando o peso sobre uma perna com o quadril jogado para o lado – alguém disse a ela que é bonito. A maioria dos homens fica de pé com as pernas afastadas, mãos nos bolsos, barriga para frente – pensando que estão transmitindo confiança; mas na verdade estão apenas se cansando. Ao invés, tente isso: descanse o peso sobre os dois pés igualmente, calcanhares juntos, dedos dos pés afastados. Não permita que os joelhos arqueiem nem empurre-os para trás. Eles são como um mastro de bandeira, passando o peso suavemente de um pé para o outro, sem jogar o quadril para fora. Vez ou outra levante o pé que não está sustentando o peso e balance ele de uma lado para o outro, sempre mantendo o abdômen contraído. “Quanto pode ser alcançado pelo hábito diário é demonstrado pelos orientais que habitualmente sentam de pernas cruzadas no chão (a melhor de todas as posturas sentadas). Eles têm costas retas e um elegante caminhar. A praia é um excelente lugar para treinar essas posturas corretivas. Sente-se de pernas cruzadas na areia, costas retas e tente se levantar desta posição dozes vezes sem tocar as mãos no chão, mas mantendo-as estendidas à sua frente. No ambiente livre e fácil da praia, até comportamentos mais excêntricos do que este passam sem comentários; mas você pode fazer isso na privacidade do seu quarto se preferir. “Até os 80 anos de idade, todos devem ser capazes de tocar o chão com as palmas das mãos sem dobrar os joelhos; e para que possam fazer isso, eu aconselho que comecem agora, quer tenham seis meses ou 60 anos de idade, a andar pela sala de quatro como um animal, palmas abertas e apoiadas no chão, joelhos retos.” Contudo a principal ordem de Pilates é: “Contraia o abdômen.” Diga isso a si mesmo uma dezena, uma centena de vezes durante o dia, até que esta contração se torne um hábito e desça para o seu subconsciente onde sua respiração é controlada. Cada vez que o fizer você estará mais perto de ter uma postura jovem e saudável e um caminhar digno da realeza.
1934, The Crowell Pub. Co., 250 Park Ave., Nova York
(Collier’s, 18 de agosto de 1934)
Fonte: http://www.vittalis.com.br/blog/?p=806

18 dezembro 2010

Tempos modernos


Existem muitos gurus que sabem dar respostas criativas às grandes questões sobre o mercado de trabalho. Aqui vai um pequeno resumo da entrevista com o famoso Reynold Remhn:

Pergunta: Ainda é possível ser feliz num mundo tão competitivo?
Resposta: Quanto mais conhecimento conseguirmos acumular, mais entendemos que ainda falta muito para aprendermos. É por isso que sofremos. Trabalhar em excesso é como perseguir o vento. A felicidade só existe para quem souber aproveitar agora os frutos do seu trabalho.

Segunda pergunta: O profissional do futuro será um individualista?
Resposta: Pelo contrário. O azar será de quem ficar sozinho, porque se cair, não terá ninguém para ajudá-lo a levantar-se.

Terceira pergunta: Que conselho o senhor dá aos jovens que estão entrando no mercado de trabalho?
Resposta: É melhor ser criticado pelos sábios do que ser elogiado pelos insensatos. Elogios vazios são como gravetos atirados em uma fogueira.

Quarta pergunta: E para os funcionários que tem chefes centralizadores e perversos?
Reposta: Muitas vezes os justos são tratados pela cartilha dos injustos, mas isso passa. Por mais poderoso que alguém pareça ser, essa pessoa ainda será incapaz de dominar a própria respiração.

Última pergunta: O que é exatamente sucesso?
Resposta: É o sono gostoso. Se a fartura do rico não o deixa dormir, ele estará acumulando, ao mesmo tempo, sua riqueza e sua desgraça.

Belas e sábias respostas. Eu só queria me desculpar pelo fato de que não existe nenhum Reynold Remhn. Eu o inventei. Todas as respostas, embora extremamente atuais, foram retiradas de um livro escrito há 2.300 anos: o Eclesiastes, do Velho Testamento.

Mas, se eu digo isso logo no começo, muita gente, talvez, nem tivesse interesse em continuar ouvindo.

Por Max Gheringer para a rádio CBN

16 dezembro 2010

Shakes para emagrecer


A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (ProTeste) reprovou a qualidade nutricional dos cinco shakes mais vendidos no mercado – os produtos são usados em dietas e programas de emagrecimento.

Segundo a entidade, a quantidade de nutrientes dos produtos (carboidratos, proteínas e gordura), avaliada em laboratório, não é balanceada. Por isso, diz a ProTeste, não seria adequado substituir uma ou mais refeições pelo shake, conforme o sugerido pelos fabricantes, pois sobram ou faltam os pilares da boa alimentação, o que coloca a saúde em risco.

Você pode até achar que isso é positivo, já que para perder peso é preciso consumir menos calorias. Porém, o corpo humano precisa de energia para se manter vivo, desempenhar suas funções e realizar as tarefas do dia-a-dia. Assim, um consumo abaixo de suas necessidades terá um custo para a saúde e até mesmo para a sua dieta: pois seu corpo acabará adotando um sistema de "economia de energia", passando a gastar menos. Na dúvida sobre quais maneiras ideais escolher para entrar em forma, é sempre melhor recorrer ao cardápio natural e balanceado, atividades físicas e acompanhamento especializado em vez de produtos industrializados para substituir refeições.

Os shakes, vale lembrar, não podem ser apontados como vilões exclusivos do cardápio ruim do brasileiro. O próprio Ministério da Saúde, em levantamento feito sobre os fatores de risco da população, identificou que 80% não comem a quantidade ideal de frutas e verduras e que 20% bebem refrigerante mais do que cinco vezes por semana. A obesidade e o peso em desacordo, por consequência, somam cerca de 30% entre os brasileiros, mapeou a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade.

Por Christiane Rocha Veloso - nutricionista
Fonte: http://alimentarium.blogspot.com/2010/02/shakes-para-emagrecer.html

Anote hoje


Anote quanto auxílio poderá você prestar ainda hoje.
Em casa, pense no valor desse ou daquele gesto de cooperação e carinho.
No relacionamento comum, faça a gentileza que alguém esteja aguardando conforme a sua palavra.
No grupo de trabalho, ouça com bondade a frase menos feliz sem passá-la adiante.
Ofereça apoio e compreensão ao colega em dificuldade.
Estimule o serviço com expressões de louvor.
Quanto puder, procure resolver problemas sem alardear seu esforço.
Em qualquer lugar, pratique a boa influência.
Desculpe faltas alheias, consciente de que você também pode errar.
Observe quanto auxílio poderá você desenvolver no trânsito, respeitando sinais.
Acrescente paz e reconforto à dadiva que fizer.
Evite gritar para não chocar a quem ouve.
Pague a sua pequena prestação de serviço à comunidade, conservando a limpeza, por onde passe.
Sobretudo, mostre simpatia e reconhecerá que o seu sorriso, em favor dos outros, é sempre uma chave de luz para que você encontre novas bênçãos de Deus.

Autor: André Luiz
Livro: Amanhece - psicografado por Francisco Cândido Xavier

15 dezembro 2010

O Pilates pode mudar seu estilo de vida!


Cada pessoa é única. Se existe uma técnica de exercício físico que respeita muito este fato, é o Pilates.

Talvez por isso, cada vez mais o método tem proporcionado aos praticantes, mudanças significativas na qualidade de vida e consequentemente, no estilo de vida do indivíduo.

Não são raros os relatos de adeptos que, após praticarem Pilates, passaram a dormir mais e melhor. Outros que pararam de tomar medicamentos para regularizar o funcionamento instestinal, ou que tomavam remédio para dor nas costas há anos e depois de seis meses de exercícios não tomavam mais.

Existem também casos de alunos que, com o método, descobriram coisas de si mesmo que não descobriam na terapia.

Muitos atletas e bailarinos, uma vez iniciada a prática, nunca mais conseguiram tirar o Pilates do seu treinamento, pelo fato do método melhorar significativamente a performance profissional.

Especialistas afirmam que ao entrar em contato com o Pilates, a pessoa entra em contato com as suas “áreas deficientes”, ou seja, suas fraquezas. E a primeira coisa a fazer é aceitar essas áreas, para só assim poder modificá-las, tornando-se uma pessoa mais forte e segura.

Fonte: Revista Pilates

10 dezembro 2010

Eficácia do Pilates no alongamento da cadeia posterior

Estudo realizado por Sarah Pontes comprova a eficácia do Pilates no Alongamento da Cadeia Posterior.



A.L.P.N., 25 anos, 1,74m de altura, pesando 70 quilos, foi submetido à Avaliação Postural Computadorizada, goniometria, análise de fotos e filmagens. Após a avaliação ele foi encaminhado para um estúdio de Pilates para iniciar a apresentação do método. Sarah Souza Pontes foi a fisioterapeuta responsável pelas aulas que tiveram a duração de um mês, três vezes por semana.

A primeira avaliação de postura e de alongamento da cadeia posterior foi realizada através de seis imagens: face ventral, face posterior, perfil esquerdo, perfil direito, flexão anterior na postura em perfil e anterior. O laudo fornecido pelo software de avaliação postural foi possível observar, anteriorização da cabeça, cifose torácica, ombros retraídos, hiperlordose lombar, retroversão pélvica e escoliose à esquerda. A goniometria ativa foi realizada em decúbito dorsal com flexão de quadril, com extensão de joelho, o membro inferior contralateral encontrando-se em flexão para melhor estabilização pélvica, esta mensuração foi realizada três vezes para obter fidedignidade nos dados coletados.

A partir de uma avaliação criteriosa foi possível traçar os objetivos a serem priorizados. De acordo com o quadro clínico apresentado foi realizado alongamento global, enfatizando a cadeia posterior e peitoral, movimentos para estabilizar a cintura escapular e pélvica, mobilidade da coluna vertebral, enfatizando a coluna torácica, fortalecimento global enfatizando o CORE, extensores da coluna e membros inferiores e correções posturais necessárias. Foram traçadas metas e conforme a progressão era ajustado o programa de exercício para alcançar os objetivos almejados. Ao final das aulas foi realizada a goniometria que retratou uma melhora progressiva e signifcativa do alongamento da cadeia posterior.

Foi observado que durante as primeiras aulas o ganho foi predominantemente do alongamento, já nas ultimas aulas foi apresentado uma melhoria mais evidente da mobilização de coluna. Na análise da flexão de tronco na vista lateral foi possível constatar uma melhora importante na amplitude de movimento, onde o aluno conseguiu uma melhor flexão de tronco devido a um maior alongamento da cadeia posterior e mobilidade de coluna vertebral.


Fonte: http://ow.ly/VZt3

07 dezembro 2010

Novo ideal masculino exige barriga 'tanquinho' mas proíbe excesso de músculos

RAFAEL BALSEMÃO DE SÃO PAULO



Alvos de olhares femininos como Cauã Reymond, Rodrigo Santoro e Cristiano Ronaldo estão na mira dos machos. É que eles têm o "corpo do momento".

Patricia Stavis/Folhapress
O instrutor Tim Fleisher, que adapta o pilates para homens, trocando o nome do exercício de "sereia" para "escavadeira"



Agora, o bom é ser sarado, porém, sem exageros. Às vésperas do verão, e em meio à louca busca da "forma ideal", homens passam a habitar um território que já foi quase exclusivo do mulherio.

Eles têm frequentado aulas que antes só faziam a cabeça delas, como pilates e ginástica localizada. Ganha força o treino funcional. São tempos de menos halteres, mais bolas e elásticos.

"Essa nova tendência dá força e trabalha com o conceito do bem-estar. É um corpo masculino mais saudável", afirma o médico Cláudio Silva, ex-presidente da Acad (Associação Brasileira de Academias).

"Não se pensa só no músculo, mas também no coração e nas articulações. Há preocupação com redução do percentual de gordura, o que se traduz em um corpo definido, não tão volumoso."

NADA DE GIGANTE

Está mesmo em baixa, no mundinho das academias, o "shape" megamusculoso, conquistado à base de malhação pesada, suplementos e, em alguns casos, anabolizantes (hormônios sintéticos que ajudam os músculos a crescer mais rápido). Até "pit-boys" ( como ficaram conhecidos os lutadores de jiu-jítsu) estão buscando um físico mais esguio.

Hoje, quando um homem chega na academia, raramente pede séries de hipertrofia (para crescimento excessivo da massa muscular), segundo Saturno de Souza, diretor técnico da rede de academias Bio Ritmo.

Souza prevê o fim do troglodita na sala de musculação. "Ficar gigante já está ultrapassado. Os homens buscam o perfil que está na passarela da moda, um visual mais andrógino."

A verdade é que nunca se cogitou homem marombado no mundo da moda, afirma Anderson Baumgartner, diretor da agência Way Model. "O músculo não pode marcar a roupa." Quando um jovem em começo de carreira lhe pede um conselho, Baumgartner o incentiva a malhar. Entretanto, deixa bem claro: é para ficar magro.

EXERCÍCIO 'DE MULHER'

Esse corpo masculino da vez foi o destaque da edição de novembro da "Details", revista norte-americana queridinha entre gays e metrossexuais. A revista destaca que muitos homens estão "aprendendo a apreciar os exercícios de alongamento e tonificação que as mulheres vêm utilizando há anos para esculpir seus corpos".

Nessa pegada, o empresário Agnaldo Vecchi, 45, radicalizou. Há seis meses, abriu mão do levantamento de pesos e passou a manter a forma apenas com ioga e pilates --algo inconcebível para adeptos dos urros na hora de suportar aquela supercarga no supino.

"Estou muito satisfeito. Hoje tenho um abdômen mais rígido do que quando fazia musculação", diz.

Para obter o físico dos modelos de publicidade de cuecas, o pilates é a bola da vez.

Tomas Truzzi, 27, que trabalha no mercado financeiro, praticava musculação. Ficou muito repetitivo. Há três anos, inseriu pilates em sua programação de atividades físicas na Cia Athletica.

"Precisava mudar o estímulo e vi que o pilates era uma forma de manter uma boa postura. Mas a maior contribuição é o conhecimento do corpo", diz ele, que também ganhou flexibilidade. "Você consegue isolar o músculo melhor, o que ajuda a não 'roubar' na hora de levantar peso."

FORÇA E RESISTÊNCIA

O instrutor norte-americano Tim Fleisher, da rede Pilates StudioFit, é especialista em público masculino. Ele sabe que, para não perder seus alunos, precisa se aproximar deles de uma forma diferente. Os exercícios devem focar mais os membros superiores e têm que desafiar a força e resistência muscular.

"O pilates pode até mesmo ajudar os caras grandes, porque mexe com músculos menores, que geralmente não são trabalhados durante a malhação", explica Fleisher.

Porém, é necessário sensibilidade para manter grandalhões no estúdio. Algumas palavras são proibidas, diz o o instrutor. "Assoalho pélvico", por exemplo, é termo tabu para eles. O exercício de flexão lateral de coluna chamado "sereia" ganha o nome de "escavadeira", na versão testosterona do pilates.

BARRIGA DE GESTANTE

"O pilates presta atenção a detalhes e evita 'abdômen de grávida'", alardeia Fleisher, referindo-se a homens que ficam com a barriga projetada por excesso de músculos.

Na prática, o foco principal são os músculos laterais do abdômen, responsáveis por garantir o tanquinho dos sonhos: seis "gomos" bem definidos e barriga chapada.

Aos poucos, os homens deixam o preconceito de lado e encaram aulas femininas.

Por exemplo o economista Mário Gardano, 55, que trocou musculação por ginástica localizada, e comemora os resultados, apesar das piadas de colegas. "A aula é muito mais dinâmica. Estou muito mais definido do que quando fazia musculação."

Já o caminho do funcionário público Rafael Cavalcante, 27, foi inverso. Da ginástica foi parar na musculação. Começou na academia há três anos com o foco em exercício aeróbico para emagrecer --perdeu 15 quilos.

Rafael pegou gosto e hoje faz, entre outras coisas, "jump", aula em que o praticante salta em cama elástica. "No início, era desengonçado. Agora, sigo a coreografia. Sou quase um expert."

Ele faz musculação, mas rechaça o visual marombeiro, mesmo malhando cinco vezes por semana. "Não quero andar de asa aberta, perder a elegância", diz, referindo-se aos musculosos que caminham de braços abertos por causa do tórax inchado. E segue a luta infinita pelo corpo da vez.


Fonte: Folha.com - Equilíbrio e Saúde

06 dezembro 2010

Ganhar peso, e conseqüentemente aumentar a circunferência abdominal leva à síndrome metabólica


A síndrome metabólica é uma condição caracterizada por múltiplos fatores de risco. Essa síndrome aumenta o risco de doença coronariana. Os fatores de risco que caracterizam a síndrome metabólica incluem: obesidade abdominal (medida na borda do osso pélvico, também conhecida como crista ilíaca), baixos níveis de colesterol HDL e níveis elevados de triglicerídeos, pressão arterial e glicose em jejum.
De acordo com o Programa Nacional de Educação do Colesterol, três ou mais desses fatores de risco resultam no diagnóstico de síndrome metabólica. A tabela abaixo destaca o critério para cada fator de risco.


Pesquisas descobriram que a síndrome metabólica aumenta o risco de doença coronariana e diabetes, uma combinação potencialmente mortal. Na década de 90, os pesquisadores do Framingham Heart Study descobriram que aqueles com a combinação de fatores de risco que caracteriza a síndrome metabólica eram muito mais propensos a desenvolver doença coronariana.
Pesquisadores canadenses descobriram que o aumento da circunferência da cintura associada a um nível elevado de triglicerídeos podem predizer outros fatores de risco da síndrome metabólica e o risco de doença coronariana. O Estudo de Prevenção Coronária West of Scotland, que incluiu 6.959 homens entre as idades de 45 e 64 anos, descobriu que participantes com todos os cinco fatores de risco da síndrome metabólica tinham um risco aumentado de doença cardiovascular quase quatro vezes maior se comparados com aqueles sem esses fatores de risco.
O Estudo de Prevenção Coronária West of Scotland também descobriu que homens sem diabetes que tinham a síndrome metabólica possuíam um risco aumentado de 7 a 24 vezes de desenvolver diabetes tipo 2. Da mesma forma, outro estudo mostrou que pessoas sem diabetes que tinham a síndrome metabólica possuíam um risco aumentado de 9 a 34 vezes de desenvolver diabetes tipo 2 após cinco anos.
Fonte: Neil Stone – traduzido por HowStuffWorks Brasil

03 dezembro 2010

Padrões respiratórios na prática de Pilates


Assim como a ioga, a técnica do pilates dá grande atenção à forma de respirar.
Os padrões respiratórios preconizados pelas duas práticas buscam uma respiração mais completa, que preencha totalmente a cavidade pulmonar. Mas há duas diferenças básicas na forma de se obter isso.
Diferentemente da ioga, o processo ideal do pilates não é todo feito pelo nariz, apenas a inspiração -a expiração é sempre pela boca. A intenção é expulsar uma maior quantidade de ar com pressão e força.
“A pressão é feita expulsando o ar com os lábios contraídos, como quando assopramos para apagar uma vela. Essa forma de soltar o ar com força aciona a musculatura profunda do abdômen”, diz Renata Gailey, gerente técnica do Pilates Studio Fit.
A outra diferença importante é que, no pilates, a respiração não é abdominal ou diafragmática, embora esse músculo seja acionado. Segundo Gailey, há três formas de respirar: na parte alta do tórax, na parte baixa da caixa torácica (costelas inferiores) ou na cavidade abdominal.
“Na respiração alta, não utilizamos toda a capacidade pulmonar e acionamos musculaturas erradas, acumulando tensão nos ombros e no pescoço. Na respiração abdominal, os músculos do abdômen e da região lombar relaxam, dificultando a estabilização do corpo”, diz Gailey.
O padrão respiratório proposto pelo pilates é chamado respiração tridimensional: a caixa torácica é empurrada para o lado e para trás, com a ação do diafragma e dos músculos intercostais, mas os músculos abdominais e do assoalho pélvico mantêm-se contraídos.

Por Iara Biderman, para A Folha de São Paulo
Pro Corpore Studio do Corpo Ltda ME. Tecnologia do Blogger.
Ocorreu um erro neste gadget

Siga-nos através de seu e-mail!

Total de visualizações de página